Informativo Astral - Banner Versão Impressa
Câmara dos Deputados

Comissão debate produção de energia descentralizada e renovável

Ulgo Oliveira/Governo da Bahia Comissão vai debater transição ecológica de energia A Comissão de Desenvolvimento Econômico, Indústria, Comércio e...

18/10/2021 12h15
Por: Informativo Astral
Fonte: Agência Câmara de Notícias
Comissão vai debater transição ecológica de energia - (Foto: Ulgo Oliveira/Governo da Bahia)
Comissão vai debater transição ecológica de energia - (Foto: Ulgo Oliveira/Governo da Bahia)

A Comissão de Desenvolvimento Econômico, Indústria, Comércio e Serviços da Câmara dos Deputados debate nesta quarta-feira (20) questões relacionadas à competitividade e transição energética. A audiência pública foi proposta pelo deputado Otto Alencar (PSD-BA). Ele explica que o debate sobre a transição energética envolve questões como a produção de eletricidade de forma mais descentralizada, eficiência energética e menos desperdício, maior segurança de abastecimento, novas rotas tecnológicas.

Alencar entende ser imprescindível a “transição energética”, também chamada de
“transição ecológica”, ou seja, uma transformação na maneira de produzir e consumir energia para um novo sistema. "Um conceito que atua com o propósito de substituir a utilização de fontes finitas e prejudiciais ao meio ambiente, como os combustíveis fósseis, por fontes renováveis, como a solar, biogás e eólica", afirma.

Para ele, "a busca por maior sustentabilidade da matriz energética brasileira
tem que andar lado a lado com ações que garantam que a requerida transição
energética seja feita de forma consistente ao equacionamento do atual estado
de estagnação da produtividade no País".

O debate será realizado às 16 horas, no plenário 5. Os interessados podem acompanhar o debate e participar da discussão enviando dúvidas ou sugestões pela internet. 

Foram convidados:
- o presidente Associação Brasileira de Grandes Consumidores Industriais de Energia e de Consumidores Livres (Abrace), Paulo Pedrosa;
-  o presidente do Conselho de Energia Eólica Onshore e Offshore Associação Brasileira da Indústria de Máquinas e Equipamentos  (Abimaq), Roberto Veiga; e
- o especialista em energia Ricardo Gomide.